Es Molí

Vocês lembram de Dom Quixote e seus moinhos? Bonita história, não é?

Hoje vou falar de um moinho diferente, menos dramático, mas que definitivamente entrou para a minha lista de lugares prediletos no mundo. Chama-se Es Molí, um restaurante com um nome tão despretensioso quanto o lugar onde fica:  San Telm – ou San Telmo, ou Sant Elm, dependendo da placa – na ilha de Maiorca, no Mediterrâneo.

San Telm

As águas cristalinas de San Telm

Os alemães costumam dizer que Maiorca já é praticamente o 17° estado alemão, uma alusão à quantidade absurda de turistas alemães que invadem a ilha diariamente. É compreensível, Maiorca é um destino agradável e de fácil acesso, a apenas uma hora e meia de voo, com passagens baratas, praias e passeios belíssimos e gente alegre. Os alemães gostam tanto de Maiorca que alguns até emigraram para lá, como o nosso amigo Mathias Günter, que abriu sua escola e operadora de mergulho em San Telm, esse lugar privilegiado, longe da baderna turística, onde a única linha de ônibus que circula deixa uns poucos turistas e faz a curva de volta à chamada “civilização”. É para esse lugar que nós fugimos de vez em quando, à procura de descanso. E é ali, em frente ao ponto final do ônibus e à escola do Mathias (Scuba Activa), que há cerca de dois anos um grupo de gente teve a feliz ideia de reformar a casa e abrir um novo restaurante no velho moinho.

Na nossa primeira noite, entramos no restaurante por dois motivos: preguiça e curiosidade. Preguiça porque já era tarde, tínhamos acabado de chegar, carregando malas e equipamento de mergulho, queríamos jantar e era o lugar mais próximo, quase dobrando a esquina. Curiosidade porque ficamos surpresos com o novo visual do lugar.

Es Molí

A entrada do Es Molí.

Conhecíamos o antigo restaurante, um lugar simples, com comida gostosa, mas nada diferente dos outros que existem em San Telm. Agora, as mesas no jardim tinham um design moderno, a iluminação era outra, tudo estava diferente.

Achamos que tinham transformado o restaurante num lugar caro e afetado, como tantos na ilha, mas totalmente fora do contexto da cidadezinha. Fomos conferir o cardápio e – supresa! – os preços eram razoáveis e a descrição dos pratos apetitosa. Entramos e a surpresa foi melhor ainda. Decorado em tons de terra, cinza e branco, o lugar consegue ser elegante, mas também confortável e aconchegante. As mesas bem postas, a iluminação bem bolada e o pessoal atencioso fizeram com que nos sentíssemos imediatamente à vontade. Uma pequena entrada oferecida pela casa já deixou entrever que a cozinha tinha boas intenções com a gente.  Pedimos um prato de carnes grelhadas para dois que não ficou em nada a dever aos melhores churrasqueiros do Brasil e o vinho recomendado pela moça que nos atendeu era perfeito! E me arrependo de já não ter pedido naquela noite uma das saborosas sobremesas que só descobri nas outras visitas que fizemos.

Além do ambiente e da comida saborosa, o que nos fez voltar várias vezes ao Es Molí foi, principalmente, o atendimento. Sou carioca, sempre preferi os lugares onde posso entrar de havaianas às casas requintadas e esnobes, onde você mal tem tempo de esvaziar o copo e lá vem um garçom com a garrafa na mão para servir. Em lugares assim, tenho a sensação de estar sendo constantemente observada e não me sinto em casa.

Pessoal do Es Molí

Marta, José e o mago da cozinha, Juan.

No Es Molí, eles dominam a arte de encontrar o momento certo para perguntar se você deseja mais alguma coisa. Você pode comer à vontade, experimentar o prato do seu acompanhante, terminar de contar sua história sem alguém em pé ao lado para ouvi-la, recostar-se na cadeira enquanto o vinho desce e se acomoda no estômago, e se esquecer da vida. Quando precisar, basta um olhar e logo alguém vem atender, sempre com um sorriso agradável (e uma santa paciência com o nosso espanhol ridículo).

Aliás, a questão da língua daria um outro post, já que, embora a língua oficial seja o espanhol ou catalão, o que se fala na ilha é mallorquí . Mas isso, a operadora do Mathias e os alemães na ilha são história para mais tarde.

Enfim, se um dia você, leitor, for parar nesse maravilhoso cantinho do mundo que é San Telm, não deixe de entrar no Es Molí. Se você der sorte, vai encontrar um tataky de atún rojo no cardápio. Não perca! E mesmo se já estiver satisfeito, peça o sorbet de limão com vodca, ou (alô, meninas!) o brownie com sorvete. Sua dieta vai para o brejo, mas a alma agradece.

E nós também agradecemos à turma do Es Molí, por ter tornado nossos dias em San Telm ainda melhores. Gràcies!

Fiat Molí

Até o carro do Es Molí combina com o design.

Interior do Es Molí.

O interior do Es Molí: elegância simples.

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Viagem

4 Respostas para “Es Molí

  1. Marion L. Pfeffer

    Ah Bete, assim não vale… Fiquei com fome, não, perdão. Fiquei com apetite. Da comida e do lugar. 🙂

  2. Con

    Bete, nunca imaginei que vcs tb sucumbem à Maiorca, como todo bom alemão que se preze! Achei engraçado.
    Como andam as coisas? Outro dia encontrei com o Hoffmann e ele quis saber dos seus planos. Disse a ele que não sei no que deram. 🙂
    Bjs!

  3. Pois é, Constance, até eu! Mas o lugar é mesmo muito especial. Agora, sobre a relação dos alemães com Maiorca eu ainda quero escrever alguma coisa, é um caso à parte e diz muito sobre a cultura alemã.
    Mande um abraço para o Hoffmann e dga que meus planos não deram, eles ainda “estão dando”! Sério, não tem sobrado nem tempo para tocar os planos para a frente.
    Vi que você também começou um blog. Vou lá visitar e deixar a dica aqui depois.

    Marion, tenho certeza que você ia adorar o lugar também. Já pensou nós duas lá de havaianas, curtindo a sobremesa? Ô, vidão! 😉

  4. Flávia

    Bete, então tu não irias gostar do hotel La Hacienda, em Gramado, onde vai um garçom até no piquenique! Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s