Leitura do dia

Esse é um blog de tradutores. Mas, além de traduzir, eu também gosto de ler e imagino que não seja a única. Como nem sempre sobra tempo suficiente para escrever sobre os vários assuntos que me interessam, resolvi deixar aqui de vez em quando trechos de leituras que me agradem ou impressionem de alguma forma. Não vou traduzir, mas nada impede que alguém se anime a deixar sua sugestão nos comentários.

Atualmente estou lendo The Summer without men, da Siri Hustvedt, que eu adoro. E hoje sublinhei a seguinte passagem enquanto lia no metrô:

Time is not outside us, but inside. Only we live with past, present and future, and the present is too brief to experience anyway; its is retained afterward and then it is either codified or it slips into amnesia. Consciousness is the product of delay.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Leituras

Uma resposta para “Leitura do dia

  1. Flávia

    Bete, em julho tu me emprestas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s